Consumidor ‘ficha limpa’ deve sustentar o consumo em 2019

Entrevista de Fabio Silveira para o Portal Varejo Em Dia. 


Numa economia com instabilidade política, inflação alta, dólar caro e juros elevados é praticamente impossível fazer projeções otimistas para o consumo.

Economistas e representantes do governo, aliás, estão revendo para baixo o crescimento do PIB (Produto Interno Bruto) brasileiro, que não deve passar de 2,5% em 2018.

Tudo indica que as famílias vão continuar restringindo os gastos e, portanto, as lojas vão vender menos e as indústrias, produzir menos.

Mas em meio a todo esse ambiente desfavorável ao consumo há um indicador capaz de deixar os lojistas mais otimistas em relação aos negócios a partir de 2019. Leia mais.