Analistas apontam dólar mais forte em 2017

Entrevista para O Povo Online na coluna Jornal de Hoje em 15/12/16

 

A leitura dos analistas lá fora é que o dólar vai ficar mais forte no ano que vem, por conta de uma postura mais vigilante das autoridades econômicas.

“Em médio e longo prazos, as elevações de juros do Fed, que acabarão estimulando a desvalorização do real, podem dar novo fôlego às exportações. Ainda que o efeito Trump derrube o preço das commodities, o saldo pode ser positivo, já que os mercados não estão com excedentes de produtos básicos”, pondera Fabio Silveira, da consultoria MacroSector.

 

Indicadores nos EUA

Além de uma mudança de política fiscal, a presidente do Fed, Janet Yellen citou indicadores positivos da economia norte-americana para justificar a expectativa de três aumentos por ano até 2019.

Segundo ela, “a decisão de aumentar juros reflete confiança no progresso da economia”. Por outro lado, ela destacou ser incerta a capacidade de políticas tributárias para impulsionar a produtividade, reconhecendo que “há muita fonte de incerteza para as perspectivas econômicas”. (com agências)

 

Clique aqui para ver conteúdo na íntegra